quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal do Pe. Silmar

Para Um Natal de Verdade

Ele nasceu quando o mundo já o esperava.

A estrela de Davi fulgurante anunciou sua vinda,

seu lugar de nascimento.

E Belém de Judá tornou-se a casa do mundo.

Com seu natal batizou o universo inteiro.

Do sagrado casal veio o rebento de uma casa real.

Cegos e leprosos que atravessavam seu caminho

o chamavam de Filho de Davi.

Santa Maria ali colimava o amor

em silêncio retumbante, na manjedoura.

São José, nosso terno pai, de tão orante,

quedou-se em eternas delícias,

ao ouvir a voz dos anjos:

Era o filho de Deus no recanto de suas mãos!

Agora todos acorrem ao presépio

como São Francisco de Assis e Santa Clara.

A gruta de Belém abriga o coração do homem.


Rio de Janeiro, 23 de Dezembro de 2010

Pe. Silmar Alves Fernandes

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Horario da Missas - Natal e Ano Novo

Informamos aos nossos paroquianos e visitantes o Horario da Missas na Igreja Matriz de Santa Teresa durante as festividades de Natal e Ano Novo.
24/12/2010 - 20:00h
25/12/2010 - 10:30min.
31/12/2010 - 19:00h
01/01/2011 - 10:30min

PARA O NATAL DE TODOS!!!

Pe. Marcelo no Convento Santo Antonio



Hoje, quarta-feira (22/12) a partir das 11 horas, Pe. Marcelo Rossi estará no Convento Santo Antonio autografando seu livro "Ágape".

O livro pode ser encontado na Livraria Ave Maria - Rua 7 de setembro nº 177 - (R$19,90)

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

1ª Eucarístia



Aconteceu neste domingo, 19 de dezembro, na celebração da Missa das 10 horas, a Primeira Eucaristia dos catequizandos de nossa Paróquia.







Parabenizamos os catequizandos por receberem em seus corações Jesus Eucarístico.

Palestra sobre a Virgem de Fátima


Profª Thereza com Pe. Silmar e Dª Luzimar, a secretária da Igreja.

No sábado, dia 18/12, a Paróquia de Santa Teresa de Jesus recebeu a Profª Thereza Carvalho, que proferiu uma Palestra sobre a Virgem de Fátima e seu Imaculado Coração.

Inicialmente a Profª Thereza explicou sobre a escolha de Portugal como a terra das aparições, assim como a escolha das três crianças – Francisco, Jacinta e Lucia. E que Nossa Senhora teria dito a Lúcia, que seu coração seria refúgio de todas as angústias, pois ela foi a escolhida para isso.

Disse que o foco da presença de Nossa Senhora era a devoção ao Sagrado Coração de Maria.

Explicou também como é constituído o “segredo de Fátima”, estando este dividido em três partes.

A Palestra foi encerrada com a frase profética de Bento XVI: “Possam os 7 anos que nos separam do Centenário das Aparições apressar a tão esperada Consagração do Coração de Maria”.

Deixamos a frase de Nª Srª de Fátima como incentivo aos seus devotos: "Por fim, meu coração imaculado triunfará."



quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Grande expectativa para a Festa de São Sebastião

Nice Affonso, do Portal da Arquidiocese do Rio de Janeiro
Foto: Gustavo de Oliveira

Na tarde desta quinta-feira, 16 de dezembro, houve a grande reunião preparatória para a Festa em honra ao Padroeiro da Arquidiocese. “São Sebastião: o mensageiro da paz” percorrerá o Rio de Janeiro por 13 dias.

O Arcebispo Metropolitano, Dom Orani João Tempesta, esteve presente ao encontro que reuniu o Vigário Episcopal para a Comunicação Social, Padre Marcos William Bernardo, o Coordenador de Eventos de Massa, Padre Omar Raposo, o assessor de imprensa, Adionel Carlos, vários membros do clero arquidiocesano e representantes de órgãos públicos estaduais e municipais, no Edifício João Paulo II, na Glória.

— Quero deixar, aqui, o meu agradecimento pessoal e o da Arquidiocese a cada um que, junto de nós, tem o desejo de, com São Sebastião, fazer o bem à Cidade, destacou Dom Orani, na abertura da reunião.

O Vigário Episcopal para a Comunicação Social recordou o sucesso da novena de São Sebastião do ano passado e afirmou que tudo foi tão bem sucedido porque houve uma verdadeira integração de todas as frentes de trabalho envolvidas, externando, assim, o seu desejo de que nesta edição do evento o mesmo aconteça.

Desta vez, a Arquidiocese do Rio vai vivenciar a Trezena de São Sebastião, a partir do dia 07 de janeiro. A imagem do Padroeiro, acompanhada por um belo cortejo, irá a comunidades carentes e também visitará órgãos públicos, idosos e enfermos. Vai receber homenagens das paróquias e capelas dedicadas ao Santo, de esportistas, de militares e de pessoas ligadas ao mundo do samba.

Um momento muito especial será a visita ao Vidigal, no sábado, dia 8. Quando a Arquidiocese estará celebrando os 31 anos da visita do Papa João Paulo II à Comunidade. O Arcebispo fará o mesmo percurso que João Paulo II, na época, e celebrará missa no local.

A ida à Ilha de Paquetá, no dia 17, também promete muitas emoções, ao recordar a parte histórica. A embarcação, em direção ao seu destino, passará pela Praia do Flamengo e, na altura do monumento a Estácio de Sá, Dom Orani fará uma oração pelos mortos na batalha entre portugueses, franceses e índios, quando da aparição de São Sebastião.

A missa de encerramento da trezena acontecerá no Convento de Santo Antônio, no Centro do Rio, no dia 19. Para a Festa de São Sebastião, em 20 de janeiro, missa, procissão e auto fazem parte do roteiro. Confira, em breve, a programação completa, aqui no Portal da Arquidiocese e no jornal O Testemunho de Fé.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

HOMILIA de 14/12 - Convento de Santa Teresa

Feita por Pe. Silmar Alves Fernandes
Capelão do Convento de Santa Teresa , em Santa Teresa.

Solenidade de Nosso Pai São João da Cruz

Caríssimas Irmãs,

Hoje a Igreja exulta de alegria e com ela toda a Ordem do Carmelo. Deus, em sua providência, escolheu o pequeno Sêneca, o seu santo frei João da Cruz, como incandescente farol que ilumina a noite escura de nossas almas, a noite escura de nosso tempo. Nesta experiência interior da ausência de Deus, João da Cruz foi eleito pela predileção divina – “homem celestial e divino”, como escrevera Santa Teresa à sua filha Ana de Jesus; precioso aos olhos de Deus, como ouvimos hoje dizer o Profeta Isaías, na primeira leitura.

Padre Frei João da Cruz, como Santa Teresa o chamava, era homem santo que buscava o perfeito amor, esquecia de si mesmo e nutria o desprendimento das criaturas. Era para Nossa Santa Madre Teresa “jóia de grande valor”. Bebeu do cálice do Senhor porque se fez amigo da reforma e de sua reformadora. Mesmo perseguido não revoltou-se contra seus confrades inimigos. Dele dizia sua amiga Teresa: “Embora pequeno, era grande aos olhos de Deus”.

Hoje, ó doutor místico da Cruz, num mundo onde os homens modernos carregam profundas dores em seu espírito, necessitamos do seu convencimento, para que o Cristo seja também toda a nossa pergunta e inteira resposta, toda a nossa visão e revelação, nós, que , às vezes, caminhamos como autores de nossa própria cegueira, às apalpadelas, longe de Cristo que se fez Carne e Palavra.

Amigo de Santa Teresa, o Santo de Fontíveros compreendeu que não podemos fugir dos desígnios divinos, ocultando nossa vida de sua Presença, já que a nossa vida permanece escondida Nele. Diz o salmista: “Em que lugar me ocultarei de vosso espírito? E para onde fugirei de vossa face?”(Sl. 138)

Também São Paulo nos lembra em sua carta aos Romanos, que “somos co-herdeiros de Cristo”, como graça batismal que nos foi doada, “que os sofrimentos do tempo presente nem merecem ser comparados com a glória que deve ser revelada em nós”, esta glória futura que o nosso coração deve saber esperar.

Do seu cárcere de Toledo, a Igreja do passado e do presente é glorificada por sua união de abandono em Cristo Jesus. Dos altares de tantos Carmelos a santidade de sua vida intercede e eleva as nossas preces ao Bom Deus, para que sejamos “conformes à imagem de seu Filho” (Rm. 8)

Nós, como pecadores, imploramos com palavras que um dia foram suas: “Meu Senhor, meu Amado, se não realizas o que eu te peço e porque ainda te lembras dos meus pecados...Como chegará a ti o homem gerado e crescido como imperfeito, se não o ergues com a mão que o criastes?” Ensina-nos, São João, a estarmos enamorados de Deus.

Glorificaremos o seu Nome, Deus-Pai, tal como Jesus assim o fez, para que nos guarde em sua comunhão trinitária, comunhão de amor que seu Nome encerra, livres da iniqüidade presente e da malícia que há no mundo. Mas “onde te escondeste Amado, deixando-me em gemido? Fugiste como cervo levando-me ferido. Clamando eu fui por ti e já tinhas partido”.

Como cantar nesta terra macerada de exílios? Em noites terríveis que nos assombram? O mundo parece que não te conheceu – Cristo fala pela boca do discípulo amado. Como encaminhar o coração febril à definitiva aurora? Raios luminosos atravessam a pedra do túmulo – Luz da antiaurora! Luz da ressurreição do Verbo! “Numa noite escura de ânsias e de amor ardendo, oh! Ditosa ventura! Fugi sem ser notado, estando a minha alma sossegada”

Leva-nos, ó sábio místico, a guardar a presença de Jesus como nosso “irmão, companheiro e mestre, preço e prêmio.” Até que soe a hora e cantemos matinas no céu. Já “rompida a tela, doce será o encontro”. A noite será como o dia. Amém.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

LEMBRETES IMPORTANTES!

A partir das 09h, Recolhimento de Natal

Às 11h, convidamos a todos para a palestra com a Profª Thereza Carvalho, no salão paroquial.
A Profª Thereza Carvalho, que reside em Portugal, é católica fervorosa, amiga do já falecido Pe. Condor, postulador da Causa dos pastorinhos de Fátima, que conhece detalhes não divulgados sobre a Virgem de Fátima e suas aparições. Ela estará no Brasil, divulgando a Virgem de Fátima e seu Imaculado Coração, até o dia 22 de dezembro, quando retornará a Portugal.

E às 12h30min, Almoço de Confraternização - Venha e traga um prato de doce ou salgado para ser compartilhado.

"Voz de quem clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as veredas para ele." (Lc 3, 4).

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

08/12 - Dia de Nossa Senhora da Conceição



Viva Nossa Senhora da Conceição!

"Eia povo devoto a caminho
Sob a vista bondosa de Deus
Vamos todos levar nosso pleito
À bendita Rainha do Céu.

Salve, ó Virgem Mar Piedosa
Salve, Estrela Formosa do Mar
Santa Mãe Imaculada
Sobre nós lançai o olhar.

Lindas flores lancemos contentes
Sob a fronte da Mãe de Jesus
Para que Ela nos mostre o caminho
Que à paragem celeste conduz.

Nossas almas desfiram ferventes
Sobre a terra e a água do mar
Lindos hinos de amor procurando
À Rainha do Céu exaltar.

Nossa vida será mais tranqüila
Toda cheia de flores e luz
Se nós formos buscar doce abrigo
Sob o manto da Mãe de Jesus."

Hino à Nossa Senhora da Conceição, Pe. David Augusto Moreira.

A Coroa do Advento...



Simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida
.

Deus se faz presente na vida de todo ser humano e de todas as formas deixa-nos sentir Seu amor e desejo de nos salvar. A palavra ADVENTO é de origem latina e quer dizer CHEGADA. É o tempo em que os cristãos se preparam para a vinda de Jesus Cristo. O tempo do Advento abrange quatro semanas antes do Natal.

Atualmente há uma grande preocupação em reavivar este costume muito significativo e de grande ajuda para vivermos este tempo. A coroa ou a grinalda do Advento é o primeiro anúncio do Natal. É um círculo de folhagens verdes, sua forma simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida. Vem entrelaçado por uma fita vermelha, símbolo tanto do amor de Deus por nós como também de nosso amor que aguarda com ansiedade o nascimento do Filho de Deus.

No centro do círculo se colocam as quatro velas para se acender uma a cada domingo do Advento. A luz das velas simboliza a nossa fé e nos leva à oração, e simbolizam as quatro manifestações de Cristo:

1° Encarnação, Jesus Histórico;
2° Jesus nos pobres e necessitados;
3° Jesus nos Sacramentos;
4° Parusia: Segunda vinda de Jesus.

No Natal se pode adicionar uma quinta vela branca, até o término do tempo natalino e, se quisermos, podemos pôr a imagem do Menino Jesus junto à coroa: temos que nos atentar, porém, que o Natal é mais importante do que a espera do Advento.

Essa coroa é originária dos países nórdicos (países escandinavos, Alemanha), a qual contém raízes simbólicas universais: a luz como salvação, o verde como vida e o formato redondo como eternidade.

Simbolismos estes que se tornaram muito adequados ao mistério natalino cristão, e que por isso, adentraram facilmente nos países sulinos. Visto que se converteram rapidamente em mais um elemento de pedagogia cristã para expressarmos a espera de Jesus como Luz e Vida, em conjunto com outros símbolos, certamente mais importantes, como são as leituras bíblicas, os textos de oração e o repertório de cantos.

O comércio e o sistema deste mundo fazem questão de esquecer o verdadeiro sentido do Natal e nós podemos cair nessa, mas é possível dar presente e celebrar o verdadeiro sentido: O Menino Jesus é o nosso grande presente!

Sugestão: você pode fazer uma coroa do Advento em sua casa e celebrar com sua família à luz da nossa fé a chegada de Jesus Cristo nosso Salvador. E a cada domingo ir acendendo as velas, convidando seus familiares para rezar.

Oração: Senhor Jesus, celebrar o teu Natal é fazer da minha vida, da minha casa, um lugar de eternidade e salvação. Que a Tua luz brilhe em cada coração. Acendendo cada vela desta coroa do Advento queremos acender a esperança, o amor, a fraternidade e a Salvação que é o grande presente que queremos dar a todos que amamos por intermédio do Menino Jesus, que vai nascer em nossa família.

Padre Luizinho - Comunidade Canção Nova

Fonte: http://blog.cancaonova.com/padreluizinho/

Como você se prepara para celebrar esta grande festa do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo? Clique em comentários e diga como você vive este tempo litúrgico? Natal feliz é Natal com Cristo!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Assista ao trailer de Aparecida - O Milagre

video

APARECIDA – O MILAGRE ESTRÉIA DIA 17 DEZEMBRO NOS CINEMAS
Um empresário em crise e desesperado com um grave acidente do filho é tocado pela graça de um milagre de Nossa Senhora Aparecida que lhe restitui a fé e a possibilidade de um acerto de contas com o passado, com a família e, sobretudo, consigo mesmo. Desesperado diante da perda, Marcos – interpretado por Murilo Rosa - revive também a história do surgimento da Padroeira do Brasil. A partir desse encontro, sua conversão terá conseqüências surpreendentes e emocionantes. Com direção de Tizuka Yamasaki, Aparecida - o Milagre, será lançado dia 17 de dezembro. Filmado ao longo de seis semanas em São José dos Campos e em Aparecida, o filme tem cenas no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, que recebe a visita de nove milhões de devotos por ano.


Carta enviada pelo Cardeal Dom Raimundo Damasceno Assis, Arcebispo de Aparecida:

Prezado Senhor Pároco,

Escrevo para informar-lhe sobre o lançamento do filme APARECIDA, O MILAGRE, no próximo dia 17 de dezembro e pedir sua colaboração.

Trata-se de um longa-metragem dirigido pela prestigiada diretora Tizuka Yamasaki, que retrata a vida de uma família nos dias de hoje e o envolvimento de suas vidas com a devoção a Nossa Senhora Aparecida.

É muito importante prestigiar o filme com a presença dos católicos nas diversas salas de cinema. Este comparecimento será uma demonstração da grande devoção do povo brasileiro à Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil.

Peço que os cartazetes enviados sejam distribuídos e expostos e que os fiéis sejam motivados a ver o filme e a divulgá-lo em suas comunidades.

A divulgação é fundamental e, para isso, conto com seu decisivo apoio e colaboração.

Com meu fraterno agradecimento, cordialmente,

Dom Raymundo Damasceno Assis
Arcebispo de Aparecida, SP




Site Oficial: www.aparecidaomilagre.com.br

Aniversário de Ordenação Presbiteral de Dom Orani Tempesta





Foi comemorado hoje, 07 de dezembro, às 9h, em missa celebrada na Capela de São Pedro, no Seminário Arquidiocesano São José, o 36º aniversário de Ordenação Sacerdotal do Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, OCist.


Padre José Laudares, vigário episcopal urbano, entre os presentes.



Durante a celebração foi anunciado o Padre Roque Costa Souza como novo Reitor do Seminário São José.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Leitura sugerida



Este livro é de autoria de Silvia Regina Alves Fernandes, irmã do nosso querido Pe. Silmar.
Competente Socióloga, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UERJ, membro da Associação de Cientistas Sociais do Mercosul e colaboradora no CERIS (Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais).

O livro está disponível para compra na Livraria do Museu da República
Rua do Catete, 153 - Palácio do Catete

A leitura faz bem para o corpo e para a alma também!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Dom Orani fala sobre a criação da SIGNIS-BR

Participando do encontro de mídias católicas, em Curitiba, na manhã da quinta-feira, 2 de dezembro, o presidente da Comissão Episcopal para a Cultura, Educação e Comunicação, e Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, em entrevista para a Rádio Canção Nova, falou sobre a importância da Signis-Br.

As assembleias acontecem até hoje, 3 de dezembro, e visam a criação da Associação Católica para a Comunicação no Brasil (Signis-Br), organismo de integração de todas as mídias de comunicação da Igreja Católica brasileira. Segundo Dom Orani, a SIGNIS- Brasil entra no lugar da antiga UNDA e está ligada ao Pontifício Conselho.

- "Estamos em um momento muito importante para as mídias católicas. Atualmente, no mundo, temos a SIGNIS Mundial, que é ligada ao Pontifício Conselho das Comunicações Sociais e no Brasil estava faltando essa filial", destacou.

Na ocasião será votado o novo estatuto e a nova diretoria da SIGNIS Brasil. Os novos membros terão a incumbência de abrir os caminhos para novas criações de mídias católicas. Diferentemente do órgão mundial, a SIGNIS Brasil tentará se aproximar dos moldes brasileiros e será dividida em departamentos como: cinema, TV, rádio e internet.

Através do surgimento de novos filmes com temáticas católicas, o cinema passou a se tornar um novo meio de evangelização. Para Dom Orani, a expectativa é de que, com a criação da SIGNIS, aumente o número de interessados em produções nesse ramo.

- "É interessante que o cinema é o carro chefe da SIGNIS mundial e do Pontifício Conselho, com os festivais de cinema, com uma das mais antigas revistas de cinema da Europa e também como motivação para filmes ligados a valores católicos e ao evangelho. No Brasil é diferente. Mas acredito que com a criação da SIGNIS Brasil o campo vai crescer", afirmou.

Fonte: Portal da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro


Liturgia Diária
Isaías (29, 17-24)
Salmo / Salmos 26(27)
Evangelho (Mateus 9,27-31)

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

1º Festival Canto Coral da Arquidiocese do Rio



Com o objetivo de apoiar e divulgar o Canto Coral, a Arquidiocese do Rio de Janeiro está lançando o 1º Festival Canto Coral, “Natal EnCanto”, que será realizado entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro de 2010.

Poderão participar do festival de coros, corais da Arquidiocese do Rio dos Vicariatos Sul e Jacarepaguá. Mas, a critério do comitê organizador, poderão ser convidados corais de outros Vicariatos. As inscrições podem ser feitas nas categorias adulto e infantil.

De acordo com o produtor cultural do evento, Marcello Bigatello, cada coral deverá apresentar-se com duas músicas, de livre escolha, mas respeitando a doutrina da Igreja. A duração de cada apresentação será de no máximo 15 minutos.

A premiação do Festival na categoria adulto será de 15 mil reais para o primeiro colocado, 10 mil para o segundo e cinco mil para o terceiro. Já na categoria infantil, o primeiro colocado receberá 10 mil, o segundo sete mil e o terceiro três mil reais. Sendo que toda a premiação será dividida: metade para a obra social da paróquia, indicada pelo pároco, e a outra parte para o coral.

De acordo com Bigatello, poderão participar do festival até 40 corais. Até o momento, ele disse que sete infantis, e 17 adultos já estão confirmados. As apresentações serão realizadas em duas Igrejas do Vicariato Sul — Nossa Senhora da Paz, em Ipanema e Basílica da Imaculada Conceição, em Botafogo, e uma na Barra - Paróquia Nossa Senhora da Vitória.

A final será apresentada da Igreja São José da Lagoa, no dia 18 de dezembro, a partir das 18 horas, antes, será realizada a Santa Missa. Ainda três corais participantes serão convidados a se apresentar nas lojas do Supermercado Zona Sul

A inscrição de cada coral deverá ser feita no período de 23 de outubro a 18 de novembro, através da entrega da ficha de inscrição preenchida e da documentação descrita no regulamento. A entrega do material deverá ser feita diretamente no Vicariato para a Comunicação Social (Vicom), de segunda a sexta-feira, no horário das 9 horas às 11h30 e das 13h às 18h.

O Vicom fica à Rua Benjamin Constant, 23, na Glória, no 3º andar. Os locais e datas das etapas eliminatórias serão divulgadas após o período de inscrição em uma reunião com representantes dos corais inscritos.

Confira o regulamento e participe:

Confira a programação completa das apresentações e participe.

ADULTO - 1ª ETAPA
24/11 - 20h - 4ª feira
Paróquia Nossa Senhora da Paz
Rua Visconde de Pirajá, 339 - Ipanema

ADULTO - 2ª ETAPA
27/11 19h30 - Sábado
Basílica Imaculada Conceição
Praia de Botafogo, 266 - Botafogo

ADULTO - 3ª ETAPA
01/12 - 20h - 4ª feira
Paróquia Santos Anjos
Av. Afrânio de Franco Melo, 300 Leblon

ADULTO - 4ª ETAPA
04/12 - 14h - Sábado
Paróquia N. S. da Divina Providência
Rua Lopes Quintas, 274 Jardim Botânico

INFANTIL
11/12 - 15h - Sábado
Paróquia N. S. da Divina Providência
Rua Lopes Quintas, 274 Jd Botânico

ADULTO - FINAL
18/12 - 20h - Sábado
Paróquia São José
Av. Borges de Medeiros, 2.735 - Lagoa

Fonte: Portal da Arquidiocese de São Sebastião, por Leanna Scal

domingo, 28 de novembro de 2010

Mensagem recebida por Dom Orani do Vaticano

Excelência Reverendíssima,

Cumpro o dever de transmitir a Vossa Excelência, o telegrama de Sua Eminência o Cardeal Tarcísio Bertone, Secretário de Estado:

"Exmo Revmo Dom Orani João Tempesta
Arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro

O Santo Padre segue com profunda magoa os graves enfrentamentos e as violências destes dias no Rio de Janeiro, particularmente na comunidade "Vila Cruzeiro". O Sumo Pontífice assegura a sua oração pelos mortos, como também pelas suas famílias, e pede aos responsáveis que ponham fim às desordens, enquanto os encoraja restabelecerem o respeito da Lei e do Bem Comum.

Cardeal Tarcísio Bertone
Secretário de Estado de Sua Santidade"


Uno às palavras do Emmo Cardeal minha fervente oração a Deus Todo-poderoso e rico em misericórdia, nesta circunstância tão dolorosa na sua Arquidiocese.
Aproveito do ensejo para expressar meus sentimentos de alta estima,

Dom Lourenzo Baldisseri
Núncio Apostólico

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

VENCEDOR DO CONCURSO - PASCOM RIO

Dom Orani nomeia novos Bispos Auxiliares

O Arcebispo Metropolitano, Dom Orani João Tempesta, anunciou pela Rádio Catedral, na manhã desta quarta-feira, 24 de novembro, os nomes dos 3 novos Bispos Auxiliares para a Arquidiocese do Rio de Janeiro. São os Padres do clero carioca Pedro Cunha Cruz e Nelson Francelino Ferreira, e o padre do clero de Valença, Paulo César Costa. O documento da Nunciatura Apostólica do Brasil, lido para os ouvintes da Rádio, comunica que o Santo Padre Bento XVI, acolhendo a solicitação do Arcebispo Metropolitano, Dom Orani João Tempesta, nomeou os reverendos Padres como novos Bispos Auxiliares.


O Monsenhor Pedro Cunha Cruz, atual pároco da Paróquia Santa Rita e diretor da Faculdade Eclesiástica de Filosofia João Paulo II, tem 46 anos de vida e 20 anos de sacerdócio. Ele foi ordenado no dia 4 de agosto de 1990. Formado pelo Seminário Arquidiocesano São José, cursou Filosofia pela UERJ, de 1987 a 1990, e Teologia pela PUC-Rio, de 1986 a 1989, mais tarde adquirindo os títulos de mestre em Filosofia, pela Pontifícia Università Santa Croce, em 1995, mestre em Teologia Fundamental, pela Pontifícia Universidade Gregoriana, em 1996, e doutor em Filosofia, pela Pontifícia Università Santa Croce, em 1997. Atuou como Vigário Paroquial da Paróquia Cristo Operário e Santo Cura d’ Ars, na Vila Kennedy, como Pároco da Paróquia São Francisco de Assis, em Senador Camará, como Diretor de Estudos do Seminário Arquidiocesano São José, como Pároco da Paróquia Santa Teresa de Jesus, em Santa Teresa, e como Diretor do Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro.


O Monsenhor Nelson Francelino Ferreira, professor da Faculdade de Teologia São Bento, tem 46 anos de vida e 20 de sacerdócio. Também foi ordenado no dia 4 de agosto de 1990. Formado pelo Seminário Arquidiocesano São José, cursou Filosofia pela Faculdade Eclesiástica de Filosofia João Paulo, de 1984 a 1985, e Teologia pelo Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro, de 1986 a 1989, mais tarde adquirindo os títulos de mestre e doutor em Teologia Sistemática, pela PUC-Rio, de 1994 a 1997 e de 1998 a 2001, respectivamente. Atuou como Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Realengo, como Pároco da Paróquia São Luiz Rei de França, em Costa Barros, como Pároco da Paróquia São Marcos, como Pároco da Matriz Nossa Senhora da Glória, como Vice- Presidente do Conic/RJ, como professor do Instituto de Ciências Religiosas, do Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro, da PUC-Rio, da Faculdade de Teologia São Bento, do Instituto Santo Antônio e do Seminário Rosa Mística, na Diocese de Nova Friburgo.


O Monsenhor Paulo César Costa, de 43 anos de vida e 18 de sacerdócio, foi ordenado em 1992. Atualmente é membro do grupo de peritos da Comissão de Doutrina da CNBB, do Instituto Nacional de Pastoral da CNBB, reitor do Seminário Diocesano Paulo VI, em Nova Iguaçu, e diretor do Departamento de Teologia da PUC-Rio. Formado pelo Seminário Arquidiocesano São José, cursou Filosofia no Seminário Nossa Senhora do Divino Amor, em Petrópolis, como seminarista da Diocese de Valença, e Teologia pelo Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro, já no Seminário São José, de 1989 a 1992. Atuou como Vigário Paroquial da Paróquia São Pedro e São Paulo, de Paraíba do Sul, como Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Vassouras, como membro da Coordenação Diocesana de Pastoral da Diocese de Valença, como Pároco da Paróquia Santa Rosa de Lima, como professor do Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro e do Instituto de Filosofia e Teologia Paulo VI, em Nova Iguaçu.

A Igreja do Rio de Janeiro está em festa, certa de que Deus escolheu 3 homens de fé, que são acadêmicos com vivência pastoral e que prezam pela formação dos leigos e dos futuros sacerdotes, para auxiliarem no governo arquidiocesano.


*Fonte: Portal da Arquidiocese do Rio

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

CATEQUISTA - Faça seu cadastro no site da CNBB

CATEQUISTA, ESTÁ NA HORA DE NOS CONHECERMOS. FAÇA SEU CADASTRO NO SITE DA CNBB.

No Ano Catequético Nacional a CNBB está lançando o cadastro dos catequistas com a finalidade de obter dados concretos sobre os/as catequistas, no Brasil: quantos são, onde estão, o que fazem, a quem estão atingindo com a sua presença evangelizadora. Isso tudo, porque ainda não têm um banco de dados da catequese, que possa contribuir na dinamização do trabalho. A partir das informações obtidas terão condições de elaborar projetos com maior aproveitamento, partindo de uma realidade concreta.

É importante que VOCÊ, CATEQUISTA, faça seu CADASTRO, na certeza de que está contribuindo para o crescimento do saber catequético em vista de uma catequese que forma para o DISCIPULADO.

CLIQUE AQUI para fazer seu Cadastro


Fonte: CNBB

Rio de Janeiro homenageia Dom Helder com estátua de bronze

A arquidiocese e a prefeitura do Rio de Janeiro inauguraram, no sábado, 13, uma estátua de Dom Helder Câmara no Largo de Pilares. A homenagem é uma extensão das comemorações do centenário de seu nascimento, celebrado no ano passado. Dom Helder exerceu seu ministério por 28 anos na capital fluminense. Ele faleceu em 1999, como arcebispo emérito de Recife e Olinda, e ficou conhecido em todo o mundo por suas ações em favor dos pobres e como defensor dos direitos humanos.

Feita em bronze pelo escultor Otto Dumovich, medindo 1,80 metros de altura e pesando cerca de 250 quilos, a estátua foi instalada na esquina entre as avenidas João Ribeiro e Dom Helder Câmara, antiga Avenida Suburbana, Zona Norte do Rio.

“Dom Helder iluminou e inspirou muitas pessoas. Ele muito fez pela nossa cidade e, por isso, merece nosso reconhecimento. Que essa imagem possa servir de inspiração, a seguir o caminho da fé, da esperança e por dias melhores”, disse o secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório, também destacou as virtudes de dom Helder.

O arcebispo do Rio, dom Orani João Tempesta , presidiu uma missa e recordou o exemplo de vida e as ações realizadas por dom Helder no Rio, destacando o projeto de urbanização de favelas, conhecido como Cruzada São Sebastião, no Leblon, e a fundação do Banco da Providência, cuja atuação se desenvolve há 50 anos no atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Mais de mil pessoas participaram da celebração.

“Sabemos que o segredo de dom Helder para o êxito de suas atividades estava ligado ao seu profundo amor a Deus e ao próximo. Quanto mais a pessoa é exigida na sua coerência de vida, mais ela é chamada a traduzir em atitudes heróicas os valores Evangelho. Valores que nem sempre são compreendidos pela sociedade, mas que trazem alegria para quem vive, e dá sentido para a existência”, disse dom Orani.

CNBB/Arquidiocese do Rio de Janeiro

terça-feira, 19 de outubro de 2010

DOM ORANI JOÃO TEMPESTA LANÇA SEU SITE



Ha um ano e meio como arcebispo, Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, divulga site com as principais participações dentro de nossa arquidiocese. Acostumado com a vida de Pastor no meio de multidões, Dom Orani começa o seu dia bem cedo, quando está amanhecendo, e só adormece após a meia-noite. Sua disposição impressiona, motivando a todos que participam na construção do Reino à desafiar o cansaço. Neste tempo em nossa cidade, já percorreu as 252 paróquias, além de promover a movimentação total da cidade com a Festa de São Sebastião, Círio de Nazaré, Carreatas, visitas as diversas comunidade e favelas. Muitas vezes, Dom Orani sai de uma visita a uma paróquia e, no meio do caminho, vê outra paróquia qualquer. Resolve parar e numa visita surpresa, dá sua bênção pastoral. Exemplo incansável para a Pastoral da Comunicação que a cada dia está aprimorando os trabalhos na divulgação dos trabalhos da Igreja Católica.

Acesse :www.orani.org.br

domingo, 17 de outubro de 2010

ORAÇÃO, CONTEMPLAÇÃO E AÇÃO

Texto: Victor Gonzalez
Fotos: Cathy Freitas




O Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, presidiu no dia 17 de outubro, às 10h, a celebração eucarística que marcou o encerramento das festividades da Paróquia de Santa Teresa de Jesus em honra à sua padroeira. Foram concelebrantes os Padres Silmar Alves Fernandes, pároco, e Mario Antonio Barbosa de Filho, vigário paroquial. Também participou da missa o casal coordenador da Festa do Círio de Nazaré, César Neves e Sandra Neves.

A celebração também foi marcada pela crisma de dez jovens freqüentadores da Capela Imaculado Coração de Maria, localizada na Comunidade do Morro dos Prazeres. Os jovens Alan do Nascimento, Cícero Sousa, Edílson da Silva, Evandro Alves, Igor da Silva, Josenilson Dantas, Priscila Mendonça, Raphaela Oliveira, Thayana Nogueira e Thays Santos receberam de Dom Orani o sacramento da confirmação e foram convocados a levar a Luz de Cristo até outros jovens, estimulando-os assim a serem missionários, ajudando a formar uma nova turma de crismandos.

Com a participação dos Arautos do Evangelho, juntamente com a cantora Paloma de Godoy e do músico Guilherme de Almeida Eduardo, a comunidade paroquial de Santa Teresa lotou a igreja e recebeu com grande alegria seu pastor.



Dom Orani, em seu momento de reflexão lembrou a importância da oração, uma característica de Teresa de Ávila. Afinal, ao orarmos nossa alma vai até o encontro de Deus, quando acontece um diálogo essencial, através do qual conseguimos escutar aquilo que o Pai quer nos dizer. Ao comentar a Primeira Leitura proclamada, o Arcebispo comparou a longa caminhada que cada um de nós deve percorrer juntamente com as nossas diversas atividades, com a batalha travada pelo povo de Israel. Enquanto Moisés rezava com os braços abertos, seu povo seguia vencendo:

- Nós também somos chamados a testemunhar o Evangelho e viver uma vida de oração.

Ele ainda destacou a importância do agir, a partir do texto proclamado na Segunda Leitura, onde São Paulo narra a necessidade de se comunicar a Sagrada Escritura. Através dos textos inspirados por Deus é possível educar o homem para que ele busque a perfeição. São Paulo também retrata duas características marcantes de Santa Teresa quando buscamos a divulgação da Palavra de Deus: paciência e doutrina.

Dom Orani continuou ressaltando a importância do equilíbrio que deve existir entre a ação e a contemplação em nossas vidas. Esse equilíbrio é necessário para que vivamos perseverantes na fé que recebemos. Usando o texto do Evangelho do dia, que destacava a importância de testemunharmos a nossa fé e suas realizações, o Arcebispo orientou para que sigamos o exemplo de Santa Teresa:

- Somos chamados a viver uma vida de fé, oração e ação, encerrou.



Magali Ribeiro, catequista, 21 anos, se inspira na resistência apresentada por Santa Teresa, para superar as dificuldades diárias e até os imprevistos que aparecem no momento de ir colaborar nas atividades paroquiais:

- O exemplo de Santa Teresa me ajuda a perseverar nessa caminhada.

Hilda Passos, 66 anos, freqüentadora há 40, destaca a disponibilidade de Teresa, com todo o período de estudo, de meditação e de contemplação. Já Kelli Rodrigues, de 42 anos e atual coordenadora paroquial da Pastoral da Criança, acha Santa Teresa um modelo de inspiração para as mulheres, por toda a força demonstrada para superar as dificuldades e as resistências em suas propostas de reforma do Carmelo.

Maria do Rosário Câmara, Ministra da Eucaristia e agente da Pastoral do Batismo, se identifica com a forma como Santa Teresa lutava contra a injustiça e o desrespeito com as coisas de Deus. E relembrou a graça alcançada por intercessão daquela que é a Patrona dos Professores:

- Consegui retomar a atividade de professora em outubro de 2009.

Galeria de Fotos: